terça-feira, 6 de março de 2012




São tantas as ideias para inaugurar o blog, principalmente no que se refere ao objetivo do mesmo, no entanto, vou seguir o conselho da Danusa, escrever por escrever...escrever pelo simples fato de registrar coisas simples e pequenas do dia a dia...para que daqui algum tempo, nossos netos leiam e descubram o tesouro do que podemos chamar de historia de vida.

Não sou tão nostálgica qt aos netos, mas vc sabe, que a primeira psicóloga que procurei na vida para fazer terapia ganhou ponto comigo qd me orientou a escrever diariamente tudo que me incomodava. Embora eu não tenha dado andamento a terapia, gostei da sugestão e cheguei a segui-la por semanas, como sempre, acabei relaxando e parei...


O fato é que me fez muito bem e uma das resoluções foi acabar com as redes sociais que vez por outra me aborrecia profundamente, logo, pesando os pós e os contras, cheguei a conclusão que merecia um " delete " rápido...e olha que eu ainda não havia lido o mais recente livro da Danusa, que por sinal, só me serviu de consolo.

Outra observação interessante é o fato de escrever sem a preocupação de estilo. Escrever é simplesmente libertador é como se ninguém estivesse me ouvindo e ao mesmo tempo como se eu estivesse gritando p/ o mundo todo o que eu penso sem o direito de ser contrariada. O blog dá essa sensação maravilhosa !

Pra início de conversa acho que está bom, lembrando que vamos falar de vários e outros longos assuntos. Aproveitando, segue a dica de um livro super, hiper, mega legal: É tudo tão simples - Danusa Leão.