terça-feira, 6 de março de 2012

Joias raras

Mulheres ricas é um dos programas da tv mais polêmicos do momento. Difícil traduzi-lo como depressivo ou prazeroso. No meu caso é divertido !!!! Tem coisa melhor do que desopilar o fígado com boas gargalhadas??!!! Sem contar que eu não sei porque, mas a identificação com elas, é inevitável. O mais interessante é a liberdade que elas tem de dizer o que pensam para quem quiser ouvir...se eu falar metade do que escuto das "peças" , eu corro o risco de ser linchada...será que é pelo fato de eu não ter dinheiro??!!!....rs*** O dinheiro também liberta !!!!

Essa semana assisti a participante Lydia Sayeg falando sobre joias, o que me chamou atenção. Aqui vou abrir um parênteses: Joias sempre me chamam atenção. Cresci vendo minha avó esconder barras de ouro atrás da geladeira. Ela era de um tempo que as portuguesas vizinhas faziam encomendas de peças via catálogo. Minha avó tinha um ourives que trabalhava pra ela. Uma das melhores lembranças, eu deveria ter uns 5 anos de idade qd ela nos mostrou os solitários de ouro branco e brilhante que ela havia feito pra cada uma das netas e que deveria ser entregue nos 15 anos, ou seja, passei anos da minha vida sonhando com os meus 15 anos e meu solitário que era guardado a sete chaves literalmente. Momento nostálgico....

Por tudo isso e por tantas outras é que sou obrigada a concordar: " A joia é a solidificação das emoções " e "o brilhante é o melhor amigo das mulheres".

Estamos em março, o ano avança e eu necessito de coisas boas para me inspirarem a prosseguir. Fico me perguntando até que ponto não é válido sonharmos coisas grandes, não no sentido de almejarmos literalmente , mas no sentido de delírio mesmo, como se estivéssimos verdadeiramente vivendo aqui e agora determinada situação. O sonho sempre me estimulou e lamento hj nossas crianças não partilharem , nem serem estimuladas, a vivenciar no mundo das ideias tudo que se é possível, ou impossível e bom.

Por ironia do destino, acabei de fazer o teste para descobrir qual das mulheres ricas eu sou, e adivinhem ... sou a Lydia Sayeg !!!!

Amei !!!