sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Bate-papo com os amigos !!!

De férias e sem dinheiro, tenho tentado algumas opções para passar o tempo, distrair a mente e o filho.
Parece fácil mas é difícil...
Programas individuais com filhos é sinônimo de gastar dinheiro ou gasolina, o que no momento não dá...
A maioria de amigos viajando...
A minoria presente tb tem suas agendas preenchidas, mas vez por outra é possível marcar um bate-papo com os amigos.
É claro que pensamos não ser essa a primeira opção caso pudéssemos escolher, mas no fundo é o que precisamos.
Passamos meses ocupados com nossos afazeres e quando muito, comparecemos as festas e comemorações ( que são bem vindas, é claro) que não nos dão a chance de papearmos com tranquilidade com os anfitriões. O rodízio de atenção ocorre no passar do ano, mas não é a mesma coisa de estarmos em casa sem hora pra acabar.
A dinâmica desses encontros caseiros, já foi melhor, confesso...rs !!! Sem filhos o relax é garantido, mas com eles...ahhhh como mudou !!! Mudou mas não apagou a relevância, no entanto, é interessante quando analisamos as diferenças.
Semana passada fiz uma verdadeira ginástica na casa de uma amiga. Foram horas andando de um lado para outro atrás dela que a cada 5 minutos precisava atender uma das necessidades dos dois filhos, mais o meu, mesmo assim, saí de sua casa renovada. Era o que eu precisava naquele mais um dia de angústia em função das nossas caudas trabalhistas. Parando pra relembrar, é digno de uma boa risada, o que faria o Paulo Gustavo com essas cenas ??? Penso eu...rss!!!!!
Ontem foi dia de um outro cenário, que conseguiu ser um pouco mais punk, porém, não menos proveitoso. As andanças de um lado para outro deu lugar as conversas de tom alto em meio as opiniões de como se educar uma criança...E com tudo, acabamos saindo tarde da casa dos amigos e deixando a data de ontem em branco no blog...rs...
Fazendo minhas análises fica a dica:

Para os sem filhos : aproveitem e valorizem cada momento com os amigos, porque uma vez com filhos jamais serão os mesmos.
Para os com filhos e vale night: os responsáveis pelo vale merecem premiação.
Para os com filhos: ainda que com os desgastes dos encontros, não abram mão deles. A tendência é nos isolarmos e não enfrentarmos esses momentos, mas uma das lições que tenho tirado é que são eles que nos fazem relembrar os velhos tempos e nos sentirmos inseridos socialmente, além disso, é um excelente teste à educação que estamos dando aos nossos filhos.

No mais, bate-papo será sempre bate-papo. Não há nada que substitua esses momentos em tempo de encontros virtuais. É quando nos reconhecemos e nos despimos de protocolos. Ali se fala e ali se cala. Os minutos passam ao mesmo tempo que param e acima de tudo: Historias se contam, historias se criam.

Resultado de imagem para roda de amigos